sexta-feira, outubro 30, 2015

Amor: Remédio ou Veneno?

                   E um dia você acorda e percebe que está dando prioridade a quem te faz de opção, isso vale para amigos e parentes, não só para cônjuge. Você inicia um relacionamento bem, saudável, onde  você dá espaço ao seu companheiro, tem sua individualidade e tarefas particulares, mas se distrai e quando ver está totalmente dependente daquela pessoa, e ele(a) já não está tão afim assim de você. Você se questiona: Será se ele(a) enjoou? Está mostrando quem realmente é? Ou abri mão de coisas que não devia e agora quero que meu companheiro faça o mesmo?


                Como ter um relacionamento saudável todo mundo já está cansado de saber, muitos não trabalham para alcançar o melhor de seu relacionamento, mas no fundo sabe que está agindo erroneamente. Colocar em um pedestal o companheiro e não o relacionamento é o erro mais comum. Por que é tão difícil se amar? Alguns podem afirmar que o problema de todo relacionamento é a falta de amor próprio, mas a maioria não entende como é ter amor próprio ou como conseguir isso. Existe uma frase que foi dita pelo gênio Albert Einstein assim: “Se quer viver uma vida feliz, amarre-se a uma meta, não às pessoas, nem às coisas.” Sempre que você se sentir mal por não ter sido amado por alguém como queria, ou alguém  importante o decepcionar, lembre-se dessa frase. Ter uma meta a ser alcançada é uma boa forma de alimentar esse amor próprio, com tantas formas de amor, amor ao trabalho e a carreira também é aceitável.


              Quando nos apegamos demais às pessoas, esse sentimento acaba se tornando um sentimento de posse e não podemos esquecer que pessoas não são bens materiais, cada pessoa tem sua individualidade e a única pessoa que você deve amar incondicionalmente é a si mesmo. O problema é quando o indivíduo abre mão da sua própria vida para se dedicar ao outro, e anseia para agradá-lo e ser a pessoa mais importante para o outro. Nesse caso é preciso disciplina para mudar, amor doentio só faz sofrer. E se acabou, lembre-se, ninguém morre de amor.

Deixa seu comentário ou  sugestão, bjs.

0 comentários:

Postar um comentário

© Rabiscos de Tudo 2012 | Blogger Template by Enny Law - Ngetik Dot Com - Nulis